Avisa os teus amigos de que estamos quase a chegar

duarte nuno braga luz del mar

«Avisa os teus amigos de que estamos quase a chegar! Preparem uma grande festa! Diz-lhes que vimos de Portugal, que somos um povo nobre, de coragem, filhos de Deus. Diz-lhes que estamos cansados, com fome e com sede. Queremos boa carne, bom peixe, água fresca, terras férteis e riqueza para o nosso amado rei D. João e para a nossa honrada pátria. Ouro, prata e outros metais preciosos. Especiarias raras, aves exóticas, cheiros e sabores. E eles que passem a palavra pelos mares, pelos rios. De terra em terra, pelas florestas e pelas aldeias e cidades, pelas gentes que as povoam, de filhos para pais e de pais para avós. De servos para chefes e de chefes para mestres. Mostra-lhes como somos magnânimos. Que vamos abraçar todas essas terras e havemos de voltar mais tarde com mais portugueses como nós, que as hão de povoar e fazer prosperar. Assim é a vontade de Deus Nosso Senhor.»

in «A Confissão do Navegador» de Duarte Nuno Braga