Diário Digital 5/5/2016

Duarte Nuno Braga desvenda a vida do navegador Duarte Pacheco Pereira

A confissão do navegador-thumbnail

«A Confissão do Navegador», de Duarte Nuno Braga, é uma das apostas da Presença. «A vida de Duarte Pacheco Pereira foi de tal forma grandiosa e apaixonante que, ao descrevê-la, fiquei várias vezes com uma vontade de saltar para dentro do manuscrito e privar com aquele grande navegador», refere o autor.

«Corre o ano de 1493. D. João II convida o navegador Duarte Pacheco Pereira a conhecer Cristóvão Colombo. Joga-se o destino de Portugal e do próprio Duarte Pacheco Pereira, incumbido de uma missão secreta que o leva aos confins do Atlântico. Neste empolgante romance histórico desvenda-se a figura pouco conhecida do navegador descrito por Camões como o «Aquiles lusitano». Do perigo dos mares ao calor da Índia e da batalha, somos levados para uma época envolta em segredos, conspirações e relações proibidas. A ambição de um reino muda a vida de um homem dividido numa busca espiritual entre a lealdade e o amor.»

 

Artigo Original
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=823901